July 19, 2024

Montenegro esta condenado…

Mar 29, 2024 Hits:1658 Opinião

IMPORTANTE: COMEÇAR BEM

Mar 26, 2024 Hits:838 Opinião

SECÇÃO DO PSD-BRUXELAS …

Mar 18, 2024 Hits:1428 Opinião

Touradas: prática cultur…

Mar 16, 2024 Hits:1060 Opinião

Chega Triunfa no Algarve:…

Mar 12, 2024 Hits:2802 Opinião

Mulher, a seiva da vida

Mar 05, 2024 Hits:417 Crónicas

Delenda Moscua

Mar 04, 2024 Hits:633 Opinião

PROMESSAS ELEITORAIS

Mar 01, 2024 Hits:628 Opinião

CANDIDATOS DO PS NA FEIRA…

Feb 29, 2024 Hits:1628 Opinião

Ucrânia: “Centenas de vítimas" em ataque russo a teatro, diz Zelensky



Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor!


O Presidente da Ucrânia acusou a Rússia de causar "centenas de vítimas" no bombardeamento de um teatro em Mariupol (sudeste), num ataque que o Ministério da Defesa russo atribuiu às forças ucranianas.

"Em Mariupol, a Força Aérea Russa lançou conscientemente uma bomba no Teatro Dramático, no centro da cidade", disse Volodymyr Zelensky, na noite de quarta-feira, acrescentando ser "ainda desconhecido o número de mortos".

"O mundo deve finalmente admitir que a Rússia se tornou um estado terrorista", alertou.

O Ministério da Defesa russo negou ter bombardeado a cidade e alegou que o edifício foi destruído pelo batalhão ultranacionalista ucraniano Azov.

Na semana passada, Moscovo já tinha culpado o batalhão Azov pelo bombardeamento de uma maternidade e hospital pediátrico perto de Mariupol, que causou três mortos e 17 feridos.

Mais de mil pessoas estavam no teatro, de acordo com uma mensagem da prefeitura de Mariupol na plataforma Telegram.

Autoridades ucranianas publicaram uma foto que parece mostrar o prédio de três andares em chamas e devastado por uma explosão.

Para o prefeito de Mariupol, Vadym Boichenko, o ataque só pode ser descrito como um genocídio: "o genocídio da nossa nação, do nosso povo ucraniano".

"As pessoas estavam escondidas lá. Algumas tiveram sorte de sobreviver, mas infelizmente nem todas tiveram sorte", lamentou, num vídeo.

A empresa norte-americana de tecnologia espacial Maxar Technologies, especializada em imagens de satélite, divulgou uma foto do teatro que disse ter tirado na segunda-feira.

Nesta foto, vista pela agência de notícias France Presse, a palavra "crianças" estava escrita no chão, em enormes letras brancas e em russo, na frente e nas traseiras do edifício.

A situação é desesperada, há dias, em Mariupol, cidade portuária estratégica, situada na costa do mar Azov, entre a península da Crimeia (anexada pela Rússia em 2014) e o leste separatista de Donbass, pelo que a conquista é um objetivo prioritário das tropas russas.

A Rússia lançou a 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já causou pelo menos 726 mortos e mais de 1.170 feridos, incluindo algumas dezenas de crianças, e provocou a fuga de cerca de 4,8 milhões de pessoas, entre as quais três milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos



Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades


A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A SUA PUBLICIDADE AQUI?

A nossa newsletter

Jornal das Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

We have 163 guests and no members online